Inspiração:

“Primeiramente, encontre algo que você goste tanto de fazer que não se importaria de
fazê-lo sem receber nada por isto; aprenda então a fazê-lo tão bem que as pessoas
se sintam felizes em lhe pagar para que o faça”. (Walt Disney)

Nosso Trabalho... Nosso Valor... Nossa Alma!!




Isso é um desabafo!
Achei essa imagem no Facebook e não sei sua autoria, infelizmente, pois, gostaria de parabenizar quem a criou.

O que me pôs a pensar mesmo, não foi o valor em si da "peça final" (Se é, que temos o direito de chamar de PEÇA um trabalho artesanal), afinal, o trabalho é de cada um e cada qual ganha pelo valor que acha que tem, NÉ?

Pior que vender ao preço dos "Xing Lings", é desvalorizar o próprio trabalho por medo de perder encomendas, vejo muito isso nas lojas virtuais e no físico, nas feiras aqui em Natal, infelizmente muitos que se denominam artesãos colocam preços impraticáveis em seus trabalhos, não entendo como conseguem trabalhar e ter lucro desta maneira ou então, eu vivo em um lugar onde os preços da minha matéria prima são os mais caros do país, só pode!
Agora eu pergunto: E a qualidade desses trabalhos???????????? 
E eu mesma respondo: IGUAL À DOS "XING LINGS", claro!!

Vale à pena gente? Vale à pena desvalorizar toda uma categoria, que em sua maioria trabalha sério e com competência em troca de tostões?

Sinceramente, a maratona de... projetar, escolher padrões, cores, correr lojas, passar horas escolhendo tecidos e materiais de primeira qualidade e se não encontrá-los... pesquisar na net, comprar, esperar chegar (10 dias úteis, se não acontecer imprevistos nos correios), lavar, passar, modelar, cortar, montar, mais umas horas costurando, dar acabamento, passar de novo, embalar, enviar, até que finalmente chegue às mãos de que quem encomendou, leva muito tempo, custa caro e dá um trabalho danado.
E isso, é só o que EU faço!

Sem falsa modéstia... meu trabalho é muito bem feito e o que é melhor, posso fazer centenas do mesmo modelo, mas cada um é exclusivo! 

Entendam... Pra quem REALMENTE gosta de comprar artesanato, o primordial é a qualidade, o preço pago é a valorização do nosso trabalho e ponto! No varejo ou no atacado, para revenda em lojas, sem qualidade, não há o retorno deste cliente. Isso sem falar, na melhor propaganda que existe, o boca a boca, quem compra e gosta... INDICA!!
Fazer um nome é trabalhoso e leva tempo demais, tem que ter amor, perseverança, honestidade e muita qualidade.
Artesãos... SE VALORIZEM!!!

Beijocas !


3 comentários:

Márcia Lima disse...

Concordo com cada palavra! Bjs e Sucesso sempre!!

Louise Gusmão disse...

Valeu amiga!
Temos que botar a boca no trombone de vez em quando pra ver se a galera acorda!! rsrsrs

Beijocas ;)

Marlice Bernardo disse...

Oi flor,

Como vai?

Amei o seu blog.
Parabéns!
Ansiosa para as próximas postagens.
Já estou lhe seguindo.
Faça uma visita ao meu e se gostar será um imenso prazer em te-lá em meu cantinho.

http://melbernardo.blogspot.com

Bjok@s e sucessos