Inspiração:

“Primeiramente, encontre algo que você goste tanto de fazer que não se importaria de
fazê-lo sem receber nada por isto; aprenda então a fazê-lo tão bem que as pessoas
se sintam felizes em lhe pagar para que o faça”. (Walt Disney)

Desabafo de Uma Artesã!!!

 
Foto de Frans Lanting - 2010
Mulher Mahafaly / Madagascar
Retirada do Blog Rainhas da Costura, da Patrícia que também é dona da Oh! Maria, ambos maravilhosos, visito sempre e recomendo!


Ai meu Deus!!!  Pelo amor do meu filhinho!! Tem coisas que acontecem nessa vida que me deixam revoltada... Ah! Deixam!

Tanto que decidi fazer um post sobre o assunto e dividir com vocês.
Negócio é o seguinte... Estava eu, TRABALHANDO numa feira, como sempre faço, expondo as minhas feituras, explicando aos clientes como eram confeccionadas, quanto carinho, dedicação e cuidado estavam depositados em cada uma das peças que estavam ali, quando me aparece uma mulher aparentemente, muito distinta, de início mostrando muito interesse no que via, mexeu em tudo, desarrumou, fuçou, abriu, só faltou colocar do avesso e eu ali, fazendo cara de paisagem, esperando que ela ou comprasse algo ou fosse embora de vez, pois as outras pessoas já estavam observando o que ela fazia e eu, começando a ficar constrangida, quando ela desarnou a falar... “Quanto é isso? E isso? E aquilo?”. E eu, respondendo na maior educação os valores correspondentes, aí ela extrapolou...
“E pra vender é quanto? (Comecei a inchar...) Porque essas coisinhas feitas de pedacinhos de pano não custam muito pra fazer, não. (E fui inchando...) Eu sou costureira e sei perfeitamente quanto custa um metro de tecido, tá certo que tá bem feitinho e até tem um acabamento bonzinho, (INCHANDO...) mas minha filha... esse preço não tem cabimento, se você fizer mais barato, eu ATÉ compro pra te ajudar, eu gosto de ajudar quem faz artesanato porque sei que vocês precisam, mas...(EXPLODI!!)”
Nem deixei ela completar, perdi toda a educação que meus pais e minha avó me deram e fui curta e grossa: “Minha senhora, se a senhora fosse costureira de verdade, saberia que além desses produtos terem sido confeccionados com matéria prima de primeira linha, costurados e acabados impecavelmente (a modéstia foi para o espaço), são produtos feitos artesanalmente, à mão, um a um, o que os torna exclusivos e agrega ainda mais valor à cada peça. Outra coisa, há muito tempo artesão deixou de ser coitadinho e se tornou um profissional artista, dono da sua própria arte e assim sendo, não necessita da caridade de ninguém, estou aqui trabalhando e exijo ser respeitada, se a senhora não quer comprar, tudo bem é um direito seu, mas se quer fazer caridade, procure uma Igreja. É por causa de mentes tacanhas e preconceituosas como a sua que o artesanato brasileiro  não é valorizado, pois saiba que só aqui no Rio Grande do Norte somos mais de 10.000 e no Brasil somos milhões, o que quer dizer que somos uma classe profissional e não mendigos à espera de esmola.”
Ela me mediu de cima a baixo e foi embora sem dizer uma só palavra e eu ainda fiquei engasgada.
Não deu mais pra ficar ouvindo esse tipo de coisa calada, cansei... definitivamente, CANSEI!!
Gente... até quando isso vai acontecer? Quando as pessoas vão entender que ser artesão não é vergonhoso, não denigre a imagem de ninguém, que não é uma terapia ou uma profissão “menor”? Que não precisamos “da ajuda” e caridade alheia?
Pois eu, Louise Gusmão, digo de boca cheia e com muito orgulho: SOU ARTESÃ!!!
Carrego minha máquina nas costas, o que literalmente já fiz várias vezes, pra ter o direito de exercer a profissão que escolhi, o que faço (sem falsa modéstia) com competência, procurando a cada dia me superar. E por isso, exijo ser respeitada e valorizada.
Desculpem o desabafo e a extensão do post, mas não vejo um lugar melhor para falar do assunto se não aqui, junto com vocês amigas e colegas de profissão, queridas ARTESÃS!!!
E vocês, também carregam suas máquinas nas costas? Gostaria muito de saber suas opiniões!

Obrigada!!

Beijocas;





19 comentários:

Marilia Baunilha e Patch disse...

Nas costas, nos braços, na cabeça, onde quer que seja preciso carregar para continuar fazendo o que adoramos e amamos de paixão!
Você colocou muito bem neste post nossa revolta diante de pessoas que, infelizmente, pululam por aí tentando diminuir uma arte que identifica e qualifica os brasileiros e brasileiras. Mas, vamos ficar com Quintana:"... elas passarão. Eu passarinho"!

Beijos,

Eneida

veronica silva disse...

Bem eu sou Portuguesa e aqui acontece a mesma coisa e irritante,pois não nos respeitam,não sabem que passamos horas a trabalhar que as costas ficam a doer e muitas vezes não vamos a lado nenhum para acabar aquela encomenda ,,,,em fim trabalha-se como outra pessoa qualquer.
Eu não faço este trabalho a muito tempo mas já ouvi coisas parecidas como ,,,estas em casa devias arranjar um trabalho!!!!,,,,,puxa e um trabalho o que eu faço.
,as você respondeu muito bem e não perdeu a educação,pois foi educada,pois eu aqui já respondi pior,por isso você e a maior.
Beijinhos e tudo de bom.

Sonia/sbspsp disse...

Sua resposta foi ótima.... parabéns. Vc tem toda a razão. Já ouvi muita besteira também... Ser artesão não é pedir esmola!!!! É um trabalho. E que exige tempo integral muitas vezes.
bjs
Sônia

Milla disse...

Eu não posso acreditar numa cena dessas, é muito cara de pau uma pessoa ter a coragem de desmerecer o trabalho alheio. Quando fazemos alguma peça, cada detalhe tem um "Q" especial. Olha querida, não se deixe abater por isso, sua resposta foi em cima do que essa pessoa merecia ouvir.

Bjos a vc e fica na paz.

MIlla

Amora Doce disse...

Uau Louise!Fiquei de boca aberta - não pelo que você fez pois achei ÓTIMO...Mas pelo que eu deixei de fazer várias vezes quando situações semelhantes aconteceram comigo!Realmente há muitas pessoas que acreditam que artesanato é apenas hobby e que pode ser vendido baratinho porque é feito de "pedacinhos de pano".Parabéns pela atitude, uma vez que a "distinta senhora" provavelmente vai pensar antes de humilhar outra pessoa!

Beijos,
Tânia

Art Bella disse...

Amiga parabénsssssssss! Voce fez certíssimooooooo, tinhas que ter respondido a altura! Amei seu desabafo verdadeiro. Feliz feriado, cheio de paz e mt fé!
Xeroooooooooooo

Louise Gusmão disse...

Oi Meninas!!

Não sabem como fiquei feliz com o apoio de vocês!!!
Vejo que é um problema que acontece em todo Brasil e até fora daqui, como no caso da Verônica, em Portugal.
Sinto que a única maneira de mudarmos esse tipo de atitude é através da nossa união, transformando esses "pedacinhos de pano", numa grande colcha de retalhos, costurada com muita dedicação e afinco!!

Sós, somos apenas elos, juntos somos CORRENTE!!

Obrigada!!

Beijocas ;)

Louise

CANTINHO DA EDNA disse...

BOA TARDE, PRINCESA! VIM CONHECER MAIS UMA BLOGUEIRA UNIDA E DEI DE CARA COM ESSE DESABAFO PERTINENTE E DE UMA ELOQUÊNCIA SEM PAR. AMEI E SENTI-ME DE ALMA LAVADA! TOMARA QUE TODAS NÓS NOS PORTEMOS COM ESSA DIGNIDADE TODA QUANDO FORMOS AFRONTADAS DE NOVO! TENHA UM RESTO DE FERIADO ABENÇOADO!

celiaarte disse...

concordo com vc eu tb tenho muito orgulho de dizer que minha profissão é ser artesã

Márcia Lima disse...

Oie!!! Tô com saudades!!! E juro que assino em baixo tudo o que disse e fico revoltada também quando acontece uma coisa dessas... Precisamos mostrar a esse povo quem somos, e que realmente somos EMPRESÁRIAS, que esse é o nosso trabalho e merecemos RESPEITO! Depois que terminar a festa do boi te ligo, beijos!!!

Márcia Lima Palamim disse...

Louise,
que loucura isso. Chega a ser inacreditável uma pessoa como essa senhora, que tem a coragem de verbalizar um discurso tão deprimente. Eu teria a mesma atitude que a sua, afinal sou uma leoa para devender minhas coisas. Você fez muito bem. Quem sabe faz uma pessoa desse rever um pouquinho os seus conceitos.
Ou pelo menos ficou valendo o ditado: quem fala o que quer, ouve o que não quer!
Beijokas e bom feriado.

Sue Paula disse...

Querida Louise,
AMEI tudo o que disse, nossa! Estou arrepiada! Fiquei imaginando a cena...
Parabéns pelas palavras. Ela não repetirá com outras artesãs.
Linda a foto que usou no post.
Abracinhos floridos
Sue

AnaH disse...

Boa tarde!Louise
Sobre o SORTEIO no BLOG.
Com certeza este cachecol do sorteio, leve e macio ia fazer bonito neste maravilhoso Estado.
As vezes o botão desaparece
tente de novo. "PARTICIPAR DESTE SITE"
Um ótimo feriado.
Obrigada pela visita r gentil comentário.
Bjs

Aline Marques disse...

Olá !!!

Concordo com tudo que disseste, e não foi em nenhum momento mal educada, foi firme com a senhora ignorante, por que pra mim, pessoas como esta senhora é ignorante e ela sim é mal educada.

Por que pessoas evoluídas e do bem, não fariam um papelão destes e reconhecem a arte que produzimos, eu quase não vendo o que faço, somente uso para presentear, mas quando me questionam os preços, geralmente me olhando atravessado.

E ainda tenho minhas histórias de calotes, só por Deus mesmo.

Beijinho, mil felicidades pra ti e bom restinho de semana.


Aline Marques

regina disse...

Esse post diz tudo o que vai na cabeça e no coração de muitas "arteiras". Parabéns pelo desabafo, vou compartilhar no Face. bjs

Clarice Fernandes disse...

Louise, você está coberta de razão, tem que esclarece para as pessoas que todo trabalho tem seu valor e artesanato leva e muito, valores agregados.
aqui na minha cidade abrimos há 7 anos uma loja com o nome de Artesanato Solidário, o nome se deu por conta de ser a união de vários artesãos com interesse em um ponto de venda que não fosse só em feiras e pela solidariedade em dividir o mesmo espaço, nossos conhecimentos, o trabalho de cada um na venda, entre tantas outras coisas. Pois acredite que após 7 anos no mercado ainda tem gente que pára na porta e pergunta pra que entidade vai o dinheiro, se ela pode fazer alguma doação pra "ajudar" e se o trabalho na loja é para voluntários.
Pra algumas pessoas tenho cuidado com as palavras e explico desde o começo, para outras eu digo que a entidade sou eu e mais outras 13 que produzem e vendem naquele espaço seu "trabalho", não é terapia e nem hobby.
Enfim, seu desabafo é o mesmo de muitos profissionais do artesanato!
Falou muito bem e bonito e não perdeu a educação não, muito menos a modéstia, pois seu trabalho é maravilhoso e como eu muitas pessoas vem beber na sua fonte.

Bejoks e fique com Deus!

Lucas Arte Digital disse...

Ola! Faço parte do blogueiras unidas e vim te visitar. Meu numero é o 908.
Já estou te seguindo...
Tudo lindoooo por aqui...
Visite-me e siga-me tb ;D
http://lucasartedigital.blogspot.com/

Luiza França disse...

Amiga você está de parabéns e eu de alma lavada, pois sou dauqelas que quando confrontadas com uma situação como essa nunca sei o que dizer. Parabéns pelo desabafo e pela foto que sem sombra de dúvida retarata a força e a garra que todas nós depositamos na nossa arte. Mais uma vez parabéns e continue assim, afinal a luta é de nós todas. Beijos.

Unknown disse...

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ